Motocicletas e Poluição

É comum achar que motocicletas poluem pouco, por serem veículos leves e que consomem pouco combustível (comparados a um carro). E, segundo vários estudos, é também um engano. Ao falarmos de poluição, deve-se levar em conta as emissões, e não o consumo.

Foto: Anderson Prado/Diário de S.Paulo

É justamente aí que a moto se torna a grande vilã. Nas emissões de Óxidos de Nitrogênio, ela “perde” apenas para o ônibus, mas consegue superá-lo no Monóxido de Carbono e nos Hidrocarbonetos. Ou seja, o veículo de duas rodas pode ser mais poluente mesmo em números absolutos. Se formos falar em emissões individuais, o cenário é bem pior, visto que um ônibus transporta algumas dezenas de pessoas, enquanto a moto leva no máximo dois (normalmente um).


Matéria do Jornal da Gazeta, de Dezembro de 2007. Mesmo com a redução citada no final da reportagem, as emissões ainda estão bem acima do que pode ser considerado ideal, segundo matéria do site Nossa São Paulo.

Estima-se que a frota de motocicletas hoje em São Paulo chegue perto de 900 mil, das quais 200 mil são Motoboys.

 

Fontes:

Folha de S. Paulo
UOL
Vá de Bike 1 | 2

 

Anúncios

L’eroica

Desde 1997 acontece na Itália o L’Eroica. Trata-se de uma charmosa corrida onde tudo remete ao retrô e ao ciclismo clássico. Para participar, além das roupas de época, o ciclista deve – por regulamento – usar uma bicicleta fabricada antes de 1987.

O percurso não apresenta moleza. Muitas subidas e muitas strade bianche, estradas com chão de terra e pedrinhas:


Mas tudo tem uma recompensa: nos PC’s (pontos de checagem), estão disponíveis fartas mesas com alimentos da região, como salames, queijos, frutas e vinhos.

Isso sem falar nas belas paisagens que acompanham o percurso:


Veja mais:

Vídeo da edição 2010

Vídeo da edição 2011

Belas fotos da edição 2011: http://www.freshngood.com/?p=61231