Motocicletas e Poluição

É comum achar que motocicletas poluem pouco, por serem veículos leves e que consomem pouco combustível (comparados a um carro). E, segundo vários estudos, é também um engano. Ao falarmos de poluição, deve-se levar em conta as emissões, e não o consumo.

Foto: Anderson Prado/Diário de S.Paulo

É justamente aí que a moto se torna a grande vilã. Nas emissões de Óxidos de Nitrogênio, ela “perde” apenas para o ônibus, mas consegue superá-lo no Monóxido de Carbono e nos Hidrocarbonetos. Ou seja, o veículo de duas rodas pode ser mais poluente mesmo em números absolutos. Se formos falar em emissões individuais, o cenário é bem pior, visto que um ônibus transporta algumas dezenas de pessoas, enquanto a moto leva no máximo dois (normalmente um).


Matéria do Jornal da Gazeta, de Dezembro de 2007. Mesmo com a redução citada no final da reportagem, as emissões ainda estão bem acima do que pode ser considerado ideal, segundo matéria do site Nossa São Paulo.

Estima-se que a frota de motocicletas hoje em São Paulo chegue perto de 900 mil, das quais 200 mil são Motoboys.

 

Fontes:

Folha de S. Paulo
UOL
Vá de Bike 1 | 2

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s